terça-feira, 11 de novembro de 2008

É proibido estacionar... Parte II



Há algum tempo atrás deixei um post sobre locais onde é proibido estacionar, sem que por vezes nos demos conta. Referia aí uma técnica (inovadora?) para confirmar que nesses locais é realmente proibido estacionar. Aqui fica mais um local: a Av. dos Bombeiros (frente ao Vivacci). Através da foto e com recurso à técnica que desenvolvi é ainda possível confirmar tal proibição.

5 comentários:

rgs disse...

Meu caro, sinceramente não percebo o que pretende com a notícia: “É proibido estacionar…Parte II”.
Não tive ainda oportunidade de visitar o novo centro comercial, nem tão pouco a sua zona envolvente, daí desconhecer a sinalética do local.
Agora, e falando apenas da fotografia que apresenta junto ao título da notícia, só demonstra a sua “ignorância” na interpretação dos sinais de trânsito.
A fotografia, leva-me a entender que pretende criticar o estacionamento do veículo da Polícia não será?
Verifico através da mesma, que o veículo da Polícia está bem estacionado, sendo que, para a frente do local onde o mesmo se encontra, é proibido o estacionamento, bem como circular a velocidade superior a 30 km/h.
Se a sua leitura for diferente da minha corrija-me.
Aproveito para o alertar que veículos de Polícia, Bombeiros, Ambulâncias, Inem entre outros, não são como o seu veículo, se assim não fosse, poderia o autor do blogue estar a precisar de apoio de uma destas entidades, e elas não chegarem mais cedo por andarem às voltas na rua para encontrarem estacionamento.

Rui Ribeiro disse...

Caro RGS,
Em primeiro lugar, não se trata de uma notícia, mas de um simples comentário a uma situação que no meu entender se repete demasiadas vezes: o estacionamento (repare que não estou a falar em paragem) de veículos das forças policiais onde mais ninguém pode estacionar. Ou quer-me fazer crer que para estar por ali 30 minutos em patrulha não tem tempo para procurar um lugar para estacionar? De resto, atendendo a que o local está a menos de 5 minutos a pé da esquadra, até se dispensaria o uso de veículo... Quanto à foto e ao facto de o veículo estar estacionado antes do sinal, até podia concordar consigo... não fosse o facto de estar num entroncamento de vias e de a zona de proibição de estacionar já vir muito de trás.

rgs disse...

Eu fui claro quando afirmei que, o meu comentário se referia apenas à fotografia.
Reafirmo que, essa fotografia é um mau exemplo, para quem pretende criticar o estacionamento de determinada entidade.
Na fotografia que o Sr. Rui Ribeiro mostra, o veículo policial está bem estacionado.
Consegue provar o contrário em relação a essa fotografia?
Se sim, dou a mão à palmatória, deixando já o meu pedido de desculpas.
Caso contrário, não vale a pena continuar a "bater no ceguinho".

Rui Ribeiro disse...

O que havia a dizer de relevante está dito. Não acho necessário qualquer pedido de desculpas seu nem entendo dever-lhe nenhum. Interessa-me mais que se fale dos assuntos e se apresentem pontos de vista diferentes do que chegar a quem tem razão. Até porque raramente é um só a tê-la...

Opcional disse...

Eu, apesar de tudo isto que andam a mudar e a construit, riu-me de duas situações, que me lembro agora, e são elas: o facto de os cidadão se sentirem indignados por essa avenida ter so um sentido...enfim, habitos educam-se, e depois, uma situação bem mais diferente e não nessa zona, mas sim junto da M24, aquele separador central, com visibilidade zero à noite e numa estrada com duas faixas. Quando vim cá, não sabia que tinham construído aquilo e ia sendo o motivo de coisas maiores...enfim.

Já agora sou completamente de acordo com a abertura do Viv, e tudo o que possa envolver tal coisa... não via as pessoas da Guarda tão felizes desde a abertura do Modelo...lololol. De resto, um facto é que não há muito poder de compra na Guarda, ou até há, mas não há compra.

Só mais um ponto: quem sai do estacionamento do Viv, deveria ser obrigado a subir a rua, do antigo Bus Bar...